Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados. 2007 - 2019

São Bartolomeu - Oxumaré

24 de Agosto

Autor: Lara lannes

Equipe Genuína Umbanda

www.genuinaumbanda.com

 

SÃO BARTOLOMEU

São Bartolomeu, também conhecido como Natanael, era um dos 12 discípulos que seguiram o Mestre Jesus durante sua encarnação na Terra. Nasceu em Caná, na Galiléia, filho de Tholmai, tendo sido apresentado ao Cristo pelo apóstolo Filipe. Por ter convivido com Jesus no dia-a-dia de sua pregação, pôde contemplar seu trabalho de Evangelização do povo, e por ser um viajante, atuou em áreas como a Índia, Armênia, Irã, Síria e pouco tempo na Grécia, juntamente com Filipe, especialmente na Frígia.

Jesus chegou a referir-se a ele, como encontramos em João, 1, 47: “Eis um verdadeiro israelita no qual não há fingimento.”, denotando a sinceridade de Bartolomeu, sua principal característica.

Após a crucificação do Mestre Jesus, realizou viagens para evangelizar os povos, tendo convertido muitos a seguirem os ensinamentos do Nazareno. Nesse período, superou muitos obstáculos na realização dessa tarefa. Tendo chegado à Índia, passou para a Armênia, local em que levou a fé cristã ao rei Polímio e sua esposa.

Após passar por mais 12 cidades, deparou-se com a inveja e intriga de sacerdotes pagãos que o martirizaram arrancando sua pele.


Muitas de suas obras são conhecidas através de traduções como O Evangelho de Bartolomeu, Pregação de São Bartolomeu no Oásis e a Pregação de Santo André e São Bartolomeu.

 

 

OXUMARÉ

"ARRO BOBOI OXUMARÉ!"

(Eis o arco-íris)

A origem do Orixá Oxumaré remonta ao país Mahi (Daomé), lá chamado de Dan, que representa a serpente. Para os Yorubanos é Oxumaré, o arco-íris.

Segundo a lenda, metade do ano Oxumaré é macho, representado pelo arco-iris, a outra metade do ano fêmea, quando assume a forma de uma cobra. Oxumaré irradia as sete cores que caracterizam as sete Linhas de Umbanda, nelas atuando como elemento renovador.

Sua representação faz-se pelo arco-íris, ou pela serpente que se enrola e engole seu próprio rabo, o Oroboros, símbolo que está relacionado ao ciclo de evolução, voltando-se sobre si mesmo. Esse símbolo, contem as idéias de movimento, continuidade, eterno retorno, por isso mesmo engloba em si o movimento das encarnações sucessivas dos indivíduos, mostrando sua contínua busca para a evolução. É uma referência à criação do próprio universo. Na obra Magic Symbols de Frederick Goodman, é definido como o símbolo da sabedoria dos verdadeiros filósofos.

Por isso mesmo, nenhum símbolo poderia representar melhor o Orixá Oxumaré, uma vez que sua energia enseja todo esse moto continuo, esse processo constante dos ciclos humanos, da busca de evolução pelos espíritos em diferentes planos espirituais.

É um Orixá do início da criação do mundo, segundo a lenda filho de Nanã, irmão de Omulu. Dentro desse conceito, a energia do Orixá Oxumaré é associada à aglutinação da matéria para formar o mundo, sua energia estaria ligada aos astros e aos oceanos em movimento. Esse movimento representa, também, a rotação da Terra, seu translado em torno do Sol, sempre repetitivo; todos os movimentos dos planetas e astros do universo, regulados pela força da gravidade. Se essa ação terminasse de repente, o universo deixaria de existir, sendo substituído imediatamente pelo caos.

Através do arco-iris, Oxumaré realiza o movimento de levar e trazer a água dos mares, lagos e rios para o céu em forma de vapor, onde se aglutina em forma de nuvem que forma a chuva, que se derramará novamente sobre o solo terreno. E assim sucessivamente, sempre recomeçando esse processo continuamente.

Oxumaré é energia de movimento, de fertilidade, de fartura e de eterna continuidade da vida do espírito.

É ainda, associado ao cordão umbilical, já que realiza a ligação entre o mundo espiritual e o mundo dos homens encarnados. Pierre Verger associa Oxumaré ao misterioso, citando que na África existe uma tradição de se enterrar a placenta e o cordão umbilical do recém-nascido sob uma palmeira, que deverá ser zelada, já que a saúde daquele indivíduo dependerá da boa conservação daquela árvore.

Há, porém no culto umbandista, em algumas tradições o hábito de associar o Orixá Oxumaré como uma qualidade da Orixá Oxum. Fato que não poderia ser mais errôneo. Isso se dá pelo prefixo Oxum estar presente no nome dos dois Orixás, e pela dualidade que emana do Orixá Oxumaré, o que leva as pessoas a não saberem classificar a energia emanada desse Orixá como masculina ou feminina. Isso porque nele se encerram os dois gêneros ao mesmo tempo.

Tal fato, porém, não é indicativo de que os filhos e médiuns desse Orixá carregam essa dualidade em sua vida. De forma nenhuma. A energia é dual, mas esse aspecto energético não reflete em ambigüidade ou mesmo inversão da sexualidade de seus médiuns ou filhos, fato que estaria indo contrariamente às regras criadas pelo Pai Divino, já que com isso, traria um determinismo que não pode ser compreendido em sã consciência, uma vez que bastaria que o espírito nascesse sob a proteção energética do Orixá Oxumaré para carregar em si todos os aspectos de dualidade.

Oxumaré é masculino e feminino; é o lado positivo e negativo, yin e yang, bem e mal. Dia e noite, tese e antítese. Ou seja, tudo aquilo que for dual está associado à energia desse Orixá, isso ocorrendo por ser ele representativo do movimento constante das coisas.

 

CARACTERÍSTICAS

Cor: Verde e amarelo (cores do arco-íris, ou, amarelo rajado de preto)
Fio de Contas: Verde e amarelo
Ervas: pente de oxumarê e a folha de tangerina
Símbolo: Cobra e Arco-Íris.
Pontos da Natureza: Próximo da queda da cachoeira.
Flores: Amarelas
Pedras: Ágata. (Topázio, esmeralda, diamante)
Metal: Latão (Ouro e Prata mesclados)
Saúde: pressão baixa, vertigens, problemas de nervos, problemas alérgicos e de pele
Dia da Semana: Terça-feira

Elemento: Água
Chakra: Laríngeo
Saudação: Arrobobô
Bebida: Água Mineral
Animais: Cobra
Comidas: batata doce cozida amassada com mel e dendê colocadas em forma de cobra, bertalha com ovos
Data Comemorativa: 24 de agosto
Sincretismo: São Bartolomeu
Incompatibilidades: sal, água salgada

Oração a Pai Oxumaré

ARRO BOBOI OXUMARÉ ORIXÁ
AXÉ AGÔ MI BABÁ,AGÔ AXÉ, SALVE
adorada cobra de Daomé.
Salve as sete cores que te revelam no céu.
Salve a água, salve a terra,
Cobra de Dan. Proteje-me, Senhor,
dos movimentos dos astros,
da rotação e da translação, de tudo
o que nasce e que se transforma.
Oxumaré (fazer os pedidos), tu que és
Orobóros  e Deus do Infinito, faça com que meu
dinheiro se multiplique, com que meu
suor vire riqueza, que eu vença e que ninguém se oponha a mim.
Creio em ti, Babaê!
Sei que já estou vencendo !!!

Oração de São Bartolomeu 

Glorioso São Bartolomeu, modelo sublime de virtude e puro frasco das graças do Senhor! Proteja este seu servo que humildemente se ajoelha a seus pés e implora que tenha a bondade de pedir por mim junto ao trono do Senhor.

São Bartolomeu, use todos os recursos para me proteger dos perigos que diariamente me rodeiam! Lance seu escudo protetor em minha volta e me proteja do meu egoísmo e de minha indiferença a Deus e ao meu vizinho. São Bartolomeu, me inspire em imita-lo em todas as minhas ações.

Derrame em mim suas graças para que eu possa servir e ver a Cristo nos outros e trabalhar para a Vossa maior gloria.

Graciosamente obtenha de Deus os favores e as graças que eu muito necessito, nas minhas misérias e aflições da vida.

Eu aqui invoco sua poderosa intercessão, confiante na esperança que ouvirás minhas orações e que obtenha para mim esta especial graça e favor que eu reclamo de seu poder e bondade fraternal, e com toda a minha alma imploro que me conceda a graça ... (mencionar aqui a graça desejada), e ainda a graça da salvação de minha alma e para que eu viva e morra como filho de Deus, alcançando a doçura do Vosso amor e a eterna felicidade. Amem

voltar.jpg
logo-980x377-2.jpg