Home

Loja Virtual

Recomende este Site

Nossos Banners

Apostilas

Contato

 

Menu

 » Home

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados

 » Dicionário da Umbanda

Serviços

 » Apostilas

 » Campanhas

 » Nossos Banners

 » Prêmios Recebidos

 » Links Relacionados

Loja Virtual

 

Recomende

 

Redes Sociais

 

 

LOGUN EDÉ

 

 

 

 

 

Autor: Lara Lannes

Equipe Genuína Umbanda

www.genuinaumbanda.com.br

 

 

Existem Orixás que não são, em teses, cultuados na Umbanda, mas que por representarem forças também da natureza não podem deixar de serem estudados e lembrados pelos nossos irmãos de fé.

 

A Umbanda acolheu, em seu culto, determinadas forças da natureza, o que fez surgir as Sete Linhas nas quais trabalha. Mas, segundo o panteão dos Orixás africanos, essas forças da natureza seriam representadas por centenas de Orixás, conforme o culto adotado e o país de origem.

 

Dentre esses Orixás que não possuem filhos e nem culto na Umbanda, um dos que mais se destaca é Logun Edé, que na lenda africana, é descrito como filho dos Orixás Oxossi e Oxum, vivendo a cada 06 meses do ano com um de seus pais. De Oxum, sua mãe, Logun Edé herdou o lado belo e vaidoso. De Odé Erinlé, seu pai, herdou o dom da caça. Erinlé é a representação do desenvolvimento do homem, conhece os segredos da caça, também símbolo de prosperidade e formação de comunidades.

 

Na verdade, Logun Edé representa a união dessas duas forças da natureza, a mata de Oxossi e as águas doces de Oxum.

 

Logun Edé, do iorubá Lógunède, é um orixá essencialmente Ijexá, da Nigéria. Em Cuba, é denominado Ologun Edé.

 

Logun Edé é cultuado nos pequenos animais, no mato baixo, nas matas pouco densas e principalmente nos rios, morada de Oxum. Sua energia está ligada às artes, como a pintura. escultura, literatura, dança e o canto.

 

Muitas pessoas consideram o Orixá Logun Edé como um Orixá metade homem e metade mulher, confundindo sua natureza com a homossexualidade ou bissexualidade, o que não corresponde à realidade. Tal fato não passa de uma metáfora, uma caracterização de sua energia vinculada a Oxum e Oxossi ao mesmo tempo. O que, no entanto, lamentavelmente faz com que algumas pessoas assim o digam e usem deste artifício para denotações homossexuais.

 

A energia feminina de Logun Edé não se personifica em Feminilidade, mas sim em beleza, leveza, encanto e doçura. Ao contrário do que muitos pensam, Logun Edé não é bissexual. Na verdade possui uma grande relação com Oxum, sua mãe e com Oxossi Erinlé, seu pai, trazendo consigo a personalidade desses dois Orixás e algumas características marcantes, mas nada que o transforme em um ser bissexual ou hermafrodita que durante seis meses é homem e seis meses é mulher. Como se pode ver, no que se refere à Logun Edé, é um dos orixás mais difíceis de ser explicado, o que causa muita confusão no entendimento de sua energia pelas pessoas.

 

Essa característica de unir o feminino de Oxum ao masculino de Oxossi, muitas vezes o leva a ser representado como uma criança, um menino pequeno ou adolescente, trazendo para o culto africano a tríade sagrada, como nas demais religiões. Com Logun Edé, completa-se o triângulo - pai, mãe e filho - que também se repete nas trilogias católica - Pai, Mãe e Espírito Santo-, egípcia - Ísis, Osiris e Horus -, hindu e tantas outras.

 

É sincretizado com Santo Expedito, talvez por este santo católico geralmente ser representado segurando dois objetos (uma cruz e um ramo de palmeira), assim como Logun Edé (que geralmente segura um espelho e um arco e flecha).

 

Sua saudação é LOCI LOCI LOGUN !

 

Data comemorativa: 19 de abril

Dia: quinta-feira

Cor: azul celeste com amarelo

Fios de conta: contas e miçangas de cristal azul celeste e amarelo

Ervas: as mesmas de Oxum e Oxossi

Símbolo: abebê e ofá

Pontos da natureza: margens dos rios que ficam nas matas

Flores: as mesmas de Oxum e Oxossi

Elemento: água e terra

Bebidas: as mesmas de Oxum e Oxossi

Sincretismo: Santo Expedito

 

Voltar ao índice

 

 

 

 

Home | Recomende este site | Contato


© Copyright - Genuína Umbanda - Todos os Direitos Reservados