Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 » Datas Comemorativas
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 

 


ORAÇÃO A OXUM

 

 

ORAÇÃO I

 

Ora ie ieu Oxum,
Salve dourada senhora
Da pele de ouro!
Benditas são suas águas,
e essas mesmas águas lavam meu ser
e me livram do mal.
Oxum, Divina Rainha, bela Orixá,
venha a mim,
caminhando na Lua Cheia.
Traga, mãe, em suas mãos,
os lírios do amor e da paz.
Torna-me doce, sedutora,
suave, como és.
Mamãe Oxum, me proteja, Orixá.
Faça que o amor seja
constante em minha vida
Que eu possa amar a
tudo o que existe.
Me proteja contra as
mandingas e feitiçarias.
Daí a mim o néctar de sua doçura
e que eu consiga o que desejo
Mãe do ouro, da beleza e do amor,
Senhora do mais puro Axé,
valei-me hoje e sempre.
Aie ieu Oxum!

 


 

ORAÇÃO II

 

Dourada é a tua de luz Assim como o ouro que te pertence. Derrama a tua pureza cristalina, Orixá das águas doces. Não permitas que neblina alguma Obscureça o meu desejo mais profundo, Que é conseguir amor mais verdadeiro, Seguro, eterno e duradouro. Estás presente nas cachoeiras, Que são sagradas por si só. Portanto, faze com que se apague Todo sentimento se eu sofrer. Não verterei nenhuma lágrima por aqueles Que não me correspondem no amor. Não sofrerei por ninguém Que, com mentiras, me faltar com o respeito, Porque não permitirás que Frieza, inveja ou ciúmes me traiam. És doce, protetora, Suave e vaidosa, Feminina e sedutora. Ó mãe Oxum! Dá-me o teu axé, Dá-me a tua força, dá-me a alquimia Como o néctar mais sublime, Para eu saber como respeitar e venerar. No mel está o teu segredo, Que eu saberei utilizar.

 

 

 

 

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-