Free Translation Widget

Home

Loja Virtual

Apostilas

Cadastre-se

Contato

 

::: MENU :::

 » A Umbanda

 » Os Orixás

 » Entidades e Falanges

 » Linha do Oriente

 » Sincretismo

 » Exú e Pomba-Gira

 » Zé Pelintra

 » As Ervas na Umbanda

 » Defumador

 » Fumo e Bebidas

 » Mediunidade

 » A Glândula Pineal

 » Os Chacras

 » Mensagens

 » Artigos

 » Orações e Preces

 » Rezas e Benzeduras

 » Temas Variados

 » Pontos Cantados

 » Letras de Pontos

 » Pontos Riscados
 » Datas Comemorativas
 »  Apostilas
 » Campanhas
 » Cadastre-se

::: AVISO :::

::: CONFIRA :::

 

::: IMPORTANTE :::

 

 

::: PARCERIAS :::

::: Visitas desde 15/10/2007 :::

 free counters

 

 


CONJURAÇÃO A OGUM XOROQUÊ

 

 

CONJURAÇÃO I

 

Senhor XEROQUÊ, Rei do Ouro, Senhor das nobrezas e das farturas, invoco-te por parte do Maioral todo-poderoso, para que neste exato momento, coloque teus sete emissários em meu favor, para solucionar o que preciso, no prazo de sete minutos, sete horas ou sete dias, pois para isto foste criado.

 


 

CONJURAÇÃO II

 

Senhor XEROQUÊ, assim como bode berra, o fogo estala e a fumaça sobe, eu… (diga seu próprio nome) quero que meus desejos sejam agora a mim dirigidos, como a luz do sol clareia a terra; tu, com as sete forças do espaço, ireis dirigir a mim tudo aquilo que eu quero e preciso neste exato momento, dentro do curto prazo de sete minutos, sete horas ou sete dias, pois para isto foste criado.

 


 

CONJURAÇÃO III

 

Senhor XEROQUÊ, tu que tens o grande poder de aliviar-me de todas as necessidades materiais, neste exato memento suplico e ordeno-te: farás com que as tuas falanges do espaço venham em meu socorro no curto tempo de sete minutos, sete horas ou sete dias, pois para isto foste criado.

 

 

 

 

» Publicidade

 

 

 

» Redes Sociais

 

 

» Campanhas

 

 

 

 

 

 

Home  |   Apostilas   |   Nossa Loja Virtual   |   Contato

Site desenvolvido por: Genuína Umbanda - Todos os direitos reservados

 

Copyright © 2007-